quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

“A única dívida que vocês devem ter é a de amar uns aos outros”. (Rm. 13.8)


Eu tenho uma dívida contigo e essa dívida é alta, é o dever de te amar, mas sabe, essa dívida fica suave para pagar quando eu me rendo ao Espírito Santo!
Posso não entender quando você me ignora, posso não entender quando fala mal de mim, posso não entender quando não é sincero (a) comigo, mas quero que você tenha a certeza que com tudo o que sou, tudo o que tenho e com todo o meu entendimento: EU AMO VOCÊ!
Pois quem ama os outros não faz mal a eles. (Rm. 13.10)
Porém temos uma carne que nos leva a destruição, a criar mágoas, a não nos deixar perdoar, a ficar olhando os defeitos dos outros, a julgar, a não sermos sinceros, enfim a sermos tudo aquilo que odiamos em alguém, mas Deus que dá paciência e coragem, ajuda cada um de nós a vivermos bem uns com os outros, seguindo o exemplo de Cristo Jesus! (Rm. 15.5)
De hoje em diante, antes de te julgar, antes de falar que você falhou comigo, eu vou buscar no Espírito Santo se não sou eu quem estou fazendo com você!
Pois a minha carne e o meu coração me enganam, mas o Espírito Santo de Deus nunca me enganará.
Eu tenho uma dívida contigo e vou pagá-la dia-a-dia te amando mais e mais.


Filhos da Luz!
O amor é a dívida que eu tenho com vocês!

Lara

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe suas palavras nesta Torre!