quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Encontro com Deus!


Lembro-me da tarde em que eu estava quieta e sozinha, vendo os raios do sol passar pela janela da igreja e ao fundo tocava a música Intimidade. Eu estava no Encontro com Deus.

Foi um tempo tão marcante que ao me lembrar deste momento eu sinto o que estava sentindo naquele momento tão sublime.

E, hoje o dia foi bem cansativo, muitas coisas para resolver e eu não consigo ver o fim das muitas tarefas. A cabeça começa a doer e o cansaço físico e emocional é visível.

Então, queria ouvir uma música que pudesse me tirar deste lugar tão sufocado em que eu estava, abri o youtube e logo de cara apareceu um vídeo com um menina segurando um violão e a palavra Intimidade...

Uau, comecei a ouvir a música e comecei a ir ao lugar de intimidade, o lugar secreto, aquele lugar que mesmo dentro do furacão você consegue se acalmar e descansar. É difícil segurar as lágrimas de alegria.

...”e descansar recostado em seu peito, ouvindo o teu coração e me acalmar...”




Escute!


terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Entrega do livro do Ishmael Beah muito longe de casa

Bom dia, pessoal!
Finalmente entreguei o livro para Milene.

Obrigada por participarem da promoção.
Beijos


quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

As sete irmãs, Lucinda Riley.



Conheci um dos livros da Lucinda Riley pela minha amiga de profissão Lucia Armellini. Trabalhávamos em uma escola, erámos professoras e a vi lendo um livro e me encantei pela capa e nome, então ela me emprestou. Uau, que leitura, que história, que viagem!

Como disse a ela que tinha amado o livro, ela me emprestou mais um, As sete irmãs - a história de Maia, de Lucinda Riley. Comecei a ler o livro e me encantar pela história, cheguei a mandar um e-mail para a Lucinda perguntando quando sairia o próximo livro, pois queria saber o que aconteceu com cada uma das irmãs.

Bom, para você entender o livro, ele conta a história de uma saga familiar cujo  pai, Pa Salt, adotou 6 meninas de lugares diferentes e elas foram cuidadas por Marina em uma casa isolada às margens do lago Léman, na Suíça. Pa Salt é muito misterioso, e eu não vejo a hora de saber quem é ele e tenho uma teoria (apesar de neste livro começar com a morte de Pa Salt e é por isso que todo o enredo começa a ficar muito interessante) eu acho que ele não morreu... Ah!!!!!

Mas vamos lá, neste livro você vai conhecer a história da filha mais velha Maia. Pa Salt antes de partir deixou para as seis filhas dicas sobre o passado de cada uma. Maia, abalada pela morte do pai e também pelo reaparecimento súbito de um antigo namorado, decide seguir as pistas de sua verdadeira origem -  uma carta, coordenadas geográficas e um ladrilho de pedra-sabão –, que a fazem viajar para o Rio de Janeiro. Lá ela se envolve com a atmosfera  da cidade e descobre que sua vida está ligada a uma comovente e trágica história de amor que teve como cenário a Paris da belle époque e a construção do Cristo Redentor. E, enquanto investiga seus ancestrais, Maia tem a chance de enfrentar os erros do passado – e, quem sabe, se entregar a um novo amor.

O Mais top deste livro é conhecer a história da construção do Cristo Redentor e como a Lucinda consegue reunir informações histórias a uma ficção fantástica. Adorei!


#dicadaLara

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Don't give up.


Há uma luz no final do túnel. Sim, há uma forma de sair do fundo do poço. Sim, há esperança! Sim, é possível viver uma mudança.



Não desista!

Eu sei que os pensamento nos atrapalham de ver, que a visão fica ofuscada pelo peso, pela dor, pela tristeza. É verdade, parece que o sofrimento do universo está sobre você e que não há outra alternativa a não sei ir embora de uma vez e acabar instantaneamente com todo o sofrimento, toda a angústia, toda dor...

Sim, admita, você precisa de ajuda, precisa de alguém para conversar, precisa abrir o coração, precisa ser cuidado, amado, precisa conseguir ver a luz, precisa de ajuda para reacender a esperança.

Não desista!

Que estas 4 passagens te abençoem.

Números capítulo 6 versículo 24 25 26. Que o Senhor o abençoe e proteja você. 25 Que o Senhor sorria para você e tenha graça para você. 26 Que o Senhor lhe mostre o seu favor e dê sua paz.

"Jeremias capítulo 29 verso 11 Porque eu conheço os planos que tenho para você", diz o Senhor. "Eles são planos para o bem e não para o desastre, para dar-lhe um futuro e uma esperança. Mateus capítulo 11 versículo 28 29 e 30  Então Jesus disse: "Vinde a mim todos vossos cansados ​​e carregando pesados ​​fardos, e eu te darei descanso. Pegue meu jugo sobre você. Deixe-me ensinar-lhe, porque sou humilde e gentil de coração, e você encontrará descanso para suas almas. Pois o jugo é fácil de suportar, e o fardo que eu lhe dei é leve”.

 "Isaías capítulo 41 verso 10 Não Tenha medo, pois estou com você. Não se desencoraje, pois eu sou seu Deus. Eu vou fortalecê-lo e ajudá-lo. Vou segurá-lo com minha mão direita vitoriosa.

Deus ama você profundamente.

O Blog Torre de Palavras está aqui como canal para ler seu relato e orar por você, e indicar onde buscar ajuda.

# Don'tgiveup.


terça-feira, 9 de janeiro de 2018

As janelas de Lisboa

Galera linda, a amiga Raquel Santos está em uma maravilhosa viagem no continente Europeu, Portugal e Espanha. E ela tem um percepção do lugar que nos deixa encantado com as fotos e relatos. Você já leu sobre "As escadinhas" agora leia o relato e veja as fotos sobre "As janelas de Lisboa". Ela arrasa!



"Não basta abrir a janela para ver os campos e o rio". Disse bem Fernando Pessoa, famoso escritor português, nestes versos. 
Sim, as janelas de uma cidade podem se mostrar como um cartão postal. Mas, não basta simplesmente abri-las, é preciso apreciá-las. Em Lisboa, isso é possível! 
Elas não são imperceptíveis. São imperiosas, suntuosas, clássicas ou românticas. Até mesmo, as menores revelam, ao olhar mais atento, cenários e paisagens surpreendentes. Sentar em frente a uma delas pode render horas de reflexão. É como apreciar uma obra de arte e deixar a sensibilidade à revelia. 
Voltando aos versos de Pessoa, "não é bastante não ser cego para ver as árvores e as flores". Da próxima vez que olhar por uma janela pense nos versos do poeta lisboeta.


By Raquel Santos
























segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

As "escadinhas" de Lisboa


Lisboa nasceu entre sete colinas. Isso proporciona uma competição de mirantes de tirar o fôlego, literalmente. Primeiro por causa das impressionantes escadas ou escadinhas como costumam chamar os lisboetas. São degraus e degraus. Largos, altos, compridos, de pedras, paralelepípedos, enfim, são degraus pra todos os gostos.
É claro, que esta característica assusta aos mais desavisados, no entanto, as belas paisagens e miradouros maravilhosos ao final da empreitada faz qualquer um esquecer o esforço realizado.
Observar e meditar do alto dos miradouros consiste em um momento único.
O rio Tejo, visto de vários deles, consiste em um espetáculo à parte.
Nas ruas e vielas labirínticas as escadas também emprestam charme. Não é raro, os mapas dos turistas servir de abano para retomar o fôlego.
Por estas e por outras, a maravilhosa culinária portuguesa, bem como seus famosos doces podem ser desfrutados com um certo exagero e sem causar dor na consciência de qualquer turista no dia seguinte.

By Raquel Santos

















Vamos começar 2018.


Estou com tantas ideias, projetos e resoluções para produzir e alcançar este ano que estou muito animada.
Bom, na escola vou iniciar o projeto da sala invertida com os alunos nas aulas de filosofia e sociologia. Vou relatar cada passo, planejamento, prática, avaliação, pontos positivos, negativos e o feedback dos alunos.
Na Missão 129 e no FDL, ministério de jovens e adolescentes, vamos trabalhar temas pertinentes a geração atual, a medida que tudo for acontecendo vou contar para vocês.
E com a família, vamos nos organizar para realizar projetos juntos, tempo de qualidade, e cuidar da nossa casinha linda.
Vem comigo para aprendermos juntos e trocarmos experiências... Tudo com muito amor.


Uhull 2018 começou.

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Sorteio - quem ganhou?

E a ganhadora do sorteio do livro Ishmael Beah - muito longe de casa que aconteceu no blog Torre de Palavras foi a Milene.... vou te dar o livro pessoalmente!!! :)

Uhulll

Obrigada por participarem.

Beijos