segunda-feira, 4 de abril de 2011

Perdão!

É muito fácil falar para as pessoas perdoarem.
Mas quando somos nós que temos que perdoar, aí a história é outra.
Muitas vezes sentimos muita raiva, ódio, que ficamos cegos, incapazes de perdoar.
Deixamos a amargura dominar nosso coração, e acabamos tendo atitudes "tão erradas", como as de quem nos magoou.
Pedir perdão, também não é muito fácil. Reconhecer pra sí que estava errado e posteriormente a pessoa que ferimos, que fizemos sofrer.
Para quem acompanhou a ministração do Pr. Bryan na CEC, pode perceber que um ponto que ele tocou bastante foi o perdão.
Não deixemos a raiva, o ódio, a amargura, a vergonha, nos impedir de perdoar e de pedir perdão,
pois além de nos trazer uma paz imensa, agiremos principalmente, conforme a vontade de Deus.

"Abandonem toda amargura, todo òdio e toda raiva, nada de gritarias, insultos e maldades!
Pelo Contrário, sejam bons e atenciosos uns para com os outros.
E perdoem uns aos outros, assim como Deus, por meio de Jesus, perdoou você". (Ef. 4.31-32).

Pra você que eu magoei, fiz sofrer, peço perdão, do fundo do meu coração.
Autor: Sérgio Rocha Teixeira Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe suas palavras nesta Torre!