sábado, 19 de março de 2011

História em Capítulos - capítulo 12

A noite estava quebrada, com muito sono... porém o Tiago tinha se acostumado a mamar 15 minutos dormir uma hora e acordar novamente para amamentar, eu não conseguia dormir, não porque estava sem sono, mas porque precisa ficar com o Tiago o tempo todo. De madrugada, minha cara não era muito legal de se ver, pareceria um burro empacado, um toro bravo. Estava nervosa, pois estava morrendo de sono e não podia dormir. O Tiago chorava e chorava e eu amamentava, gente não agüentava mais.

A manhã de sábado chegou, a pediatra foi até o quarto e disse que o Tiago estava com alta, logo depois veio a obstetra e disse que eu estava liberada também. Ufa! Fui tomar banho, dessa vez sozinha. Lavei a cabeça, que delícia! Me arrumei e lá vamos nós para o desconhecido mundo em família. Para uma aventura que eu nem imagino quando vai terminar. Cuidar de um filho!

Tiramos fotos saindo da maternidade, chegando em casa, colocando Tiago no berço. Tudo era festa. Sábado a tarde vieram as avós e os familiares para ver o Tiago, depois foram embora. De sábado para domingo não consegui dormir... era muita novidade, e o medo de deixar o Tiago dormir sozinho no quarto dele? E a preocupação, e a dificuldade de deitar na cama devido ao incomodo dos pontos? Resultado, no domingo de manhã meus seios estavam inchados e muito quentes, eu estava muito cansada, ia amamentar o Tiago e parecia que ele nunca se saciava, estava sempre com fome, então me lembrei que tinha um sugador elétrico em casa, montei aquilo, coloquei no seio, eu me senti uma vaca leiteira sendo ordenhada e percebi que não estava saindo leite, fiquei apavorada. Pensei comigo: O TIAGO ESTA PASSANDO FOME.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe suas palavras nesta Torre!