terça-feira, 8 de março de 2011

História em capítulos - Capítulo 1

Que loco! Fala sério minha gente o que é essa parada magnífica de ser mãe?
Tudo começa... bem vocês sabem como tudo começa, na concepção. Que nem fazemos idéia de que logo, logo teremos a linda surpresa de dizer: Estou grávida! Wow. Esse é o primeiro baque, o primeiro – Nossa, o que eu faço agora?
Bom, agora é só esperar para que a barriga cresça e apareça para não deixar dúvidas da nova jornada que te espera. Mas não é só isso minha gente, tem muito mais pela frente: bom, para não ficar especulando a vida alheia vou contar a minha experiência, mínima, mas cheia de alegrias, risadas, choros, angustias, medo, paz, e vários outros sentimentos que eu acho que ainda não inventaram um nome para o sentimento MÃE. Isso mesmo, mãe não é só ser uma pessoa, um agente colaborador na educação dos filhos, aquela que vai receber a culpa por todos os traumas que te acomete e não vai receber mérito nenhum se por acaso o filho for bem sucedido, isso será mérito só dele. O sentimento mãe é algo doido, um misto de vários outros sentimentos e mais alguns que o homem ainda não conseguiu nomear. E ele tomou conta da minha vida em março de 2010, ou melhor em novembro de 2009. Por que em 2009? É simples!


Amanhã tem mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe suas palavras nesta Torre!