sábado, 23 de julho de 2011

“O AMOR DE DEUS ME ALCANÇOU!” última parte

Lara e Angélica: amiga do coração!
Alguns meses se passaram eu fui participar pela primeira vez de um Encontro de Mulheres, não me recordo a data exata (acho que o ano foi 2005, no Philadelphia), mas lembro-me das pastoras que vieram ministrar para as mulheres: Pra Velma e Pra Lígia. Logo pela manhã, em uma das ministrações lembro-me da oração que fiz: “Senhor, não quero mais este sentimento dentro de mim, se não for ele a pessoa que tens pra mim, peço que me livre definitivamente deste sentimento, se for, que o Senhor o traga para perto, para servirmos juntos a Ti”. Quase que fisicamente, como alguém que toca em você, eu senti o toque de Deus, instantaneamente, aquele sentimento sumiu. Uma irmã se achegou a mim e disse-me: “Eis que se farão novas todas as coisas.”

Meu interior jamais foi o mesmo após aquele dia! Outras curas vieram sobre mim no caminhar com o Senhor, tantas feridas saradas, pensamentos transformados, mudanças interiores que nem eu mesma um dia imaginei vivenciar. Como nosso Deus é misericordioso, Ele fez tudo isso com o mais sublime amor, a cada fase, eu via o Senhor agir em mim de uma forma tão especial, delicadamente. Como este amor transformou e tem transformado a minha vida! Amor que não me julgou, não me condenou, levou-me ao arrependimento e tirou-me a vergonha do pecado. Sei que sem o toque profundo de Deus em minh’alma, eu jamais conseguiria prosseguir. Jamais teria um novo sonho, uma nova alegria, por mais que eu me realizasse sentimentalmente, profissionalmente, eu jamais seria quem sou hoje em Deus. Também sei que a “obra que Ele começou em mim, não terminou, e suas promessas não tem fim”. Espero pelas promessas que ainda serão cumpridas, pelas palavras liberadas; creio que viverei o verdadeiro sonho que Deus planejou. Sonhos que são legítimos para experimentar em vida e os que serão vividos após ela.
Espero ansiosamente o dia em que serei abraçada pelo meu Jesus, este será o abraço de amor que tanto ansiei por toda minha vida, o abraço que homem nenhum pode me dar. Ah, como anseio este abraço!

Jesus,
Meu amigo, companheiro, amado da minh’alma,
obrigada por me amar, quando ninguém mais me amou.
Angélica Avelar

Um comentário:

  1. buá...buá...buá Emocionante! Mais um testemunho de como Deus opera sobre tudo em nossa vida e principalmente como um filho faz toda a diferença em nossa vida e pode nos trazer a salvação. Quem disse que somente os pais podem salvar os filhos?
    Amo vocês!

    ResponderExcluir

Deixe suas palavras nesta Torre!