quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

“A única dívida que vocês devem ter é a de amar uns aos outros”. (Rm. 13.8)


Eu tenho uma dívida contigo e essa dívida é alta, é o dever de te amar, mas sabe, essa dívida fica suave para pagar quando eu me rendo ao Espírito Santo!
Posso não entender quando você me ignora, posso não entender quando fala mal de mim, posso não entender quando não é sincero (a) comigo, mas quero que você tenha a certeza que com tudo o que sou, tudo o que tenho e com todo o meu entendimento: EU AMO VOCÊ!
Pois quem ama os outros não faz mal a eles. (Rm. 13.10)
Porém temos uma carne que nos leva a destruição, a criar mágoas, a não nos deixar perdoar, a ficar olhando os defeitos dos outros, a julgar, a não sermos sinceros, enfim a sermos tudo aquilo que odiamos em alguém, mas Deus que dá paciência e coragem, ajuda cada um de nós a vivermos bem uns com os outros, seguindo o exemplo de Cristo Jesus! (Rm. 15.5)
De hoje em diante, antes de te julgar, antes de falar que você falhou comigo, eu vou buscar no Espírito Santo se não sou eu quem estou fazendo com você!
Pois a minha carne e o meu coração me enganam, mas o Espírito Santo de Deus nunca me enganará.
Eu tenho uma dívida contigo e vou pagá-la dia-a-dia te amando mais e mais.


Filhos da Luz!
O amor é a dívida que eu tenho com vocês!

Lara

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

O amor, mas o amor verdadeiro é só ele quem destroi barreiras, toca o coração mais duro e machucado! Muda histórias arruinadas para verdadeiras histórias de vitória!
E esse amor vem de Jesus!

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Pensamentos que tão meus podem ser seus também!

Às vezes paro pra pensar nas incoerências humanas, como nossa capacidade de pensar nos faz falar, agir de forma tão contraditória e muitas vezes tola.
Com o advento das redes sociais podemos conversar facilmente e compartilhar nossos pensamentos e fotos com muitas pessoas, isso é bom. Melhoramos o nosso relacionamento, temos mais colegas e começamos a conhecer pessoas diferentes.
O que me deixa intrigada é que nós não somos sinceros, não falamos exatamente o que pensamos, não somos totalmente transparentes, não estou criticando essa forma de agir o que vou criticar é que todos nós somos assim, com raras exceções de pessoas que são sinceras e por serem tão sinceras não as queremos por perto, porque falam a verdade; e mesmo sabendo que somos assim temos a cara de pau de escrever que odiamos pessoas falsas... é cômico!
Odiamos o que somos. Não aceitamos erros que são nossos. Exigimos padrões dos outros que não podemos ser. Crucificamos pessoas por erros que são nossos.
Pessoas não são sinceras o suficiente, e não serão, pois não agüentaríamos ouvir as palavras sinceras delas.
Nós nos revoltamos não com a falta de sinceridade das pessoas, ficamos bravos porque não fomos amados por essa pessoa como gostaríamos.
Quantas pessoas queriam ser amadas por você e se decepcionaram porque você não conseguiu amá-las o suficiente?
São pensamentos... estou tentando tirar de dentro de mim as minhas incoerências. Falando de mim e de você da forma mas clara que podemos ou que conseguimos ser!


O Senhor procura aqueles que O adorem em Espírito e em Verdade!

Até mais

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Ta chegando o aniversário do Tiago!

Está chegando o dia que o Tiago Medeiros Belette vai completar 1 aninho. Há um ano eu estava barriguda, inchada e com um sorriso largo no rosto esperando o dia do nascimento dele. Hoje estou uns 15 quilos mais magra, cansada, com um sorriso mais que mega largo no rosto porque já não espero mais, mas vivo a alegria de tê-lo ao meu lado, brincando, sorrindo, chorando,dormindo (nesses momentos eu posso descansar ou escrever, como estou fazendo agora).
Quantas emoções eu vive neste ano, foi um dos anos mais intensos da minha vida, pensei que nada poderia ser tão cansativo do que o último ano de faculdade onde temos que fazer o trabalho final (muito conhecido como TCC), mas o primeiro ano em que seu filho (a) está em casa é incomparável!
Falta uma semana para o Tiago completar 1 ano de vida, hoje ele fala tchau, neném, mama, dá, e várias outras palavras incompreensíveis pra mim rsrsrsrrs.
Ele me surpreende a todos os instantes! Estou muito alegre, sou muito feliz e muito cansada.....
Um beijos a todos os leitores da Torre de Palavras!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Eu sinto que a virada do ano aconteceu há dois dias, foi a minha virada!
Algo transformou meu coração, mudou meus valores, jeito de pensar.
O que era muito importante, já não é mais
E o que eu valorizava evaporou-se
O que fica? Não sei! Ou melhor, eu sei sim: JESUS.
O que está mudando?
Os sonhos, a alegria, a risada do fundo da alma, sincera, sem me preocupar se alguém está achando que é escandalosa ou não.
 Já tentaram acabar com ela, mas é o meu interior, a minha essência e ela sempre explode quando a felicidade não consegue ficar quietinha dentro de mim...
Como é bom perdoar e amar!
E melhor ainda é esperar crendo que Deus vai agir, não eu!
Conselhos? Sempre espero recebê-los... mas poucos ousam me falar alguns com amor!
Às vezes acho que as pessoas têm medo de mim. Ou melhor, certeza que têm medo!
Ou ainda não conseguirem ver o meu interior, a minha verdade, o que realmente sou!
Tem alguns que só sabem mandar, outros tentam agradar a todos
E é difícil lidar com essas pessoas...
Mudança radical acontecendo aqui dentro de mim...
Agora eu sei o que fica, o AMOR, aquilo que sempre me acompanhou e que Deus formou na minha alma quando estava no ventre da minha mãe.
Eu sei que ele colocou em mim algo mais do que especial!
Eu sou livre!
Eu sou livre....

Como eu amo ter ao meu lado o Gustavo, o Tiago, meus homens, meus amores
Como eu amo ter ao meu lado o Tarcisio, a Liliane e a Laíz
Como eu amo minha vida plena, aquela que formou meu caráter: minha mãe (Fátima)

Como eu amo os alunos, adolescentes FDL, amigos!

Tudo novo!

Eu sou livre!

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Aprendendo!

Aprendendo... E assim que eu estou nesses dias: aprendendo!
Pensando no futuro, aprendendo a confiar
Pensando nas pessoas que amo, aprendendo a entregar
Pensando nos milagres, aprendendo a crer
Pensando nos sonhos, aprendendo a esperar
Pensando na minha vida, aprendendo a andar bem perto de Deus
Pensando nas palavras, aprendendo a ouvir

'E assim que eu estou: Aprendendo!

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Lara

 Lara,um exemplo a ser seguido!!

Uma mulher batalhadora,aguerriada,
que sempre lutou muito pra vencer na vida.
Uma mulher perseverante,de muita fé,
que caiu muitas vezes,mas sempre levantou e ficou de pé.

Mulher de oraçao,
que leva a palavra de Deus dentro do coraçao.
Mulher temente ao Senhor,
por isso ele sempre ouve o teu clamor.

Ela procura tratar todos de uma forma igual,
sempre com um amor indocional.
Aconselhadora,companheira,
Uma pessoa muito verdadeira.

Ela procura sempre estar por perto,
Nos ensinado a fazer o certo.
Ela é mãe,esposa,filha,irmã e educadora,
Essa é a minha pastora.


Esse foi um poema que um amigo, Josué, fez para mim e eu fiquei tão feliz com ele que resolvi publicar aqui!
Beijos para todos os leitores da Torre!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Poema!

Há momentos que só uma intervenção séria de Deus para nos abrir os olhos e nos fazer ver realmente como o Senhor é bom e sua misericórdia não tem fim! Não quero ser egoísta, nem falsa, não quero deixar minha carne vencer. Quero me quebrantar, me humilhar diante de Ti. Te amar por aquilo que és.
Senhor, que os teus propósito se cumpram em mim.




Pela manhã espero te ouvir
Coloco em tuas mãos
Meus pedidos de humana
Quando virá a resposta dos seus lábios?

Na minha angústia
Chego a desistir
Na minha pouca fé
Começo a chorar.

Mas quando te ouço,
Quando escuto tua voz,
Volto a contemplar por fé
Teus milagres.

Obrigada, Senhor!
Hoje estou aqui
Para agradecer teu
Cuidado e amor.

Obrigada, Senhor!
Sem ti não posso viver
O Teu perdão me salvou.

Agora, preciso
Que me ensine a perdoar
E amar, como tu amas.

Quero ser como Tu
Quero ter teu caráter
Sei que estou longe,
Sei que sou fraca.

Mas tua palavra
Fala que na fraqueza
Tu se fazes forte.

Creio em Ti!
Ensina-me a viver
Segundo a Tua vontade,
Cumprindo os teus propósitos.

Creio em Ti!
Disponho-me a Te servir!
By Lara Medeiros Belette

Senhor, eu amo ministrar a tua palavra! Me aperfeiçoa, quero cumprir a tua vontade em mim e por meio da minha vida. Quero falar a tua verdade, não abrandar teus ensinamentos e nem ensinar a minha opinião pessoal como verdade. Clamo por uma igreja forte, segura, estável e com poder que vem de Ti!

Esquilinho Maravilha

Capítulo 3
      Quando a Mosca Zoiúda chegou lá e viu Esquilinho preso ficou assustado, e não sabia o que fazer. Ele pensou, pensou. Mas já que ele tem um cérebro de mosca, teve uma pequena idéia.Chamar o exército de formigas de fogo, para distraírem o Mr.M. e o Mosca soltar o Esquilinho Maravilha, destruindo, assim, a arma. Ele foi ao reino de formiga, e pediu a ajuda, mas não seria fácil assim.

Capítulo 4
      A Mosca Zoiúda para conseguir o apoio das formigas teve de fazer um desafio. Ele teria de pegar um sonho das formigas, nachos.A Mosca foi até a lanchonete, ele entrou na cozinha e de cara viu os nachos ensima do balcão, mas tinha um porém.

 Capítulo 5
      Dentro da cozinha haviam pessoas com raquetes de matar moscas, para as moscas não contaminarem a comida. A Mosca Zoiúda foi se escondendo e pegou seu nacho, mas quando um funcionário viu ela e deu uma raquete, mas o funcionário estava sem óculos e a mosca conseguiu fugir com o nacho.

 Capítulo 6
      A mosca deu o nachos para as formigas que foram logo ajudá-lo, eles foram para o covil do Mr.M., as formigas começaram a distrair Mr.M. e o Mini T-Rex, com mágica.A Mosca Zoiuda estava indo salvar o Esquilinho Maravilha mas a mosca caiu , pois estava cansada, e logo foi percebida.

  Capítulo 7
      Mas a mosca foi rápida levantou -se soltou o Esquilo que logo quebrou a verdadeira arma.Mr.M e seu ajudante Mini T-Rex fugiram e nossos heróis o mundo pelo menos dessa vez.

                                    Fim

Bruno, aluno do 6o ano do colégio Renovatus!

"Bruno, Parabéns pela história! Eu gostei muito"

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Esquilinho Maravilha

                                         Capítulo 2
          Esquilinho resolveu ir escondido e sozinho atacar a super arma do Mr.M., Esquilinho Maravilha se infiltrou na base secreta de Mr.M. e desligou a arma, mas era uma arma falsa e uma armadilha que o pegou e o prendeu. Mosca Zoiuda, percebendo a demora de seu parceiro resolveu ir atrás do Esquilinho Maravilha.

Autor: Bruno

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Esquilinho Maravilha

                       E outras aventuras.

                                  História 1

                                 Capitulo 1

      Mr. M. planejava um ataque ao Esquilinho Maravilha, que poderia matar o Esquilinho e seu parceiro, fazendo com que seu sonho se realizasse, o sonho de dominar o mundo.
       Esquilinho Maravilha e seu parceiro Mosca Zoiúda nem desconfiavam, e então eles saíram para tomar milk shake. Na loja de milk shake eles ouviram Mr.M. falar com seu ajudante Mini T-Rex que iriam ser atacados e logo começaram a armar um plano para que o ataque fosse frustrado.
História de Bruno aluno do 6o A do Colégio Renovatus. amanhã tem mais histórias do Esquilinho Maravilha.!

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Leitura

Estou resgatando na memória o primeiro livro que eu li, mas não consigo me lembrar muito bem. Na escola rural onde estudei não tinha biblioteca, tínhamos um caixa de papelão onde se guardavam os livros e eu ia até a secretaria para pegar nessa caixa um livro para ler e devolver depois, a freqüência com que isso acontecia era mensal.
            Quando tinha 12 anos queria ler outros livros que não fossem os infantis da caixa de papelão e compartilhei esse desejo com a minha catequista (estava me preparando para a 1ª comunhão) e ela me falou que o melhor livro que eu poderia ler era a bíblia, confesso que na hora fiquei chateada, mas fui me aventurar em ler a bíblia com uma linguagem muito erudita, e me esforçava muito para entender as palavras. Li os evangelhos e depois fui ler os salmos, eu achei o livro dos Salmos o mais terrível, depois fui descobrir que eu não entendia o real significa das palavras e por isso, tinha medo delas.
Hoje eu vejo que muitos adolescentes e jovens não lêem por esse motivo, por medo das palavras, pois como não entendem o que realmente querem nos falar, elas parecem monstros prontos para nos devorar e nos leva a uma angústia aterrorizante e, como ficar ao lado de palavras tão más? Então, eles repudiam os livros, as frases, os textos, as palavras que mais parecem fantasmas prontos para atacar e não conseguem se aventurar no mundo da imaginação, na alegria de ler, de viajar e se emocionar e sentir com a leitura.
CORAGEM! Essa é a mensagem para todos. Vamos ousar e encarar os nossos medos, desmistificar as palavras monstros e perceber que há um mundo MARAVILHOSO nos esperando para brincar, sorrir, chorar, viver e voar!

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Fotos da tarde na ONG Ação Forte


Palavra

Sempre quis ser reconhecida pelo meu esforço, deixar de ser a que abaixa a cabeça diante todas as situações, e ter voz. Sempre quis fazer a diferença, mudar uma nação, ser exemplo, e tudo mais.
   Então, para compensar, as formas de expressões são muitas, choro, riso, dança (quando eu era pequena), a música, e a escrita, que é o que minha mãe acha que eu devo investir. Tentei praticar judô também, mas parei na terceira faixa.
A luta foi uma forma de defesa, e um jeito de eu ter mais equilíbrio (coisa que eu nunca tive); a dança, bom, que menina nunca pensou em ser bailarina??; O choro vem pra mandar embora o que eu não gosto de sentir; o riso, pra proporcionar sorrisos; a música, pra fazer a vida mais feliz, ela junta palavras, sons, dança, sentimentos; e a escrita, é o dizer o que os meus lábios não têm coragem de dizer.
   Quando eu escrevo, meu objetivo é transmitir meus sentimentos; é tocar alguém, sendo esse alguém, na minha cidade, ou em uma cidade do outro lado do mundo; é falar o que precisa ser dito, proporcionar lágrimas que caiam junto às minhas, ou sorrisos que iluminem o mundo junto aos meus; é agradecer, agradecer a Deus e aos humanos, por fazerem da minha vida o que ela é. Meu objetivo, não é simplesmente preencher uma página de palavras, mas preencher palavras, de sentimentos, razões e significados.

Gi Mattoso

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Ação Forte

Olá galera, ontem fui a uma ONG que é "patrocinada" pela Pfizer, ela se chama Ação Forte. Fui conversar com alguns adolescentes sobre profissão e acabei falando um pouco sobre minha vida para eles. Eu gostei muito, eles ficaram quietos no inicio, mas depois se mostraram bem receptivos.
Obrigada Turma. Foi muito bom conhecer vocês.
Logo coloco fotos!

domingo, 28 de agosto de 2011

Oi

Olá pessoal, geralmente escrevo aqui coisas do passado, ou textos sobre assuntos diversos. Mas hoje vou fazer diferente. Hoje estou totalmente em um jardim fechado regada e cuidada pelo Espírito Santo. Os ouvidos estão atentos para ouvir a voz do Pai, os olhos abertos para ver a glória de Deus
Às vezes o frio é tão intenso que chega a doer, a noite é tão escura que você não consegue enxergar nem suas próprias mãos, o vento é tão forte que parece que vai destruir tudo. E o coração está despedaçado, pisoteado.  
Mas, nada disso pode me deter, ma matar ou me fazer desistir, pois construí a minha casa na rocha, estou firme, pois sei em quem tenho crido.

Para todos aqueles que estão sofrendo, chateados, tristes, sem esperança, se sentindo abandonados, traídos, se você conseguir me escreva, pois quero orar por você! E-mail: lara-medeiros@hotmail.com.

Deus abençoe vocês

Lara

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Uma história de amor


   Havia uma garota que não era a mais bonita da sala, não era a mais inteligente, não era a mais popular, vivia no seu lindo infinito particular.
   Um dia, essa menina se apaixonou. Que incrível!  Seu primeiro amor!! Seu mundo se encheu de flores, corações, e sonhos! Mas.. como ser correspondida se não tinha nada de especial??
   O menino pelo qual era apaixonada, não dava a mínima para a garota, a maltratava, era grosso,  e, aos poucos, o mundo lindo que a menina tinha em mente, se transformou em lágrimas, se transformou num mundo sem esperança.
   Seus amigos tentavam colocar ela pra cima, por um tempo, até ficava tudo tranqüilo, mas, o sentimento que ela tinha, não mudou, seu coração, mesmo que fraco e despedaçado, ainda batia pelo garoto.
   Um dia, a menina mais popular da escola foi procurar a tal garota apaixonada. Mostrou a ela um mundo novo!  Alguém perfeito por quem se apaixonar, uma nova vida pra viver, um amor inexplicável.
   Essa menina, aceitou conhecer esse Alguém.  Aos poucos, esse novo amor, foi  curando todas as feridas feitas pelo primeiro amor. Uma nova alegria foi dada a ela, um novo sorriso surgiu em seu rosto!
   Mas.. ela continuava a amar o garoto que a desapontou.  Isso a colocava para baixo, brigas, decepções a abalavam.  E,seus amigos, preocupados, a alertavam, mas ela estava cega. Completamente cega!! Não percebia que isso afetava o seu caráter, seu jeito de ser. Amargura, e ódio começaram a tomar conta do seu coração, e ela começou a voltar para o seu mundo antigo.
   Até que, a amiga que apresentou sua nova vida a ela,e os amigos conquistados durante esse tempo, um dia foram falar com ela, e, então, ela pediu perdão ao alguém perfeito, entregou seu coração a Ele, sabendo e crendo, que estaria num lugar seguro e pacífico.
   Seu sorriso voltou!  Seu coração está sendo sarado outra vez, mas, desta vez, ele permanecerá junto ao Amor sem Limites.
   A menina entregou seu coração a melhor pessoa do mundo, é completamente apaixonada por ela, desistiu de sua antiga vida pra viver junto a Ele, e está começando a contagiar as pessoas com esse amor.
   Esse ser perfeito, esse amor sem limites vem de Deus!! Quando a sua história de amor junto a Ele vai começar???  Quando você vai escutar  a voz dentro de você, que diz para se entregar a Ele??? Quando você vai deixar seu coração em um lugar seguro, e esperar a hora certa  para amar alguém imperfeito?? Quando você vai fechar os olhos, e seguir em frente, sem olhar para trás,  dando as mãos para Deus???

Gi Mattoso

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

O mundo é admirável?Será?



Q

uando pensamos se o mundo é admirável,logo vem a resposta,que é sim,pois existe: transportes(Carros,motos,aviões,etc..),o dinheiro,a tecnologia,entre muitas outras coisas de bom que existe no mundo.
Mas se olharmos de outros olhos, notaremos o mundo não é tão admirável. Então vem a pergunta: Porque o mundo não é tão admirável?
Porque se formos ver bem, além de tudo isso de bom, não há coisas ruins?
Como por exemplo: O desmatamento, a poluição, a violência que o homem provoca.
O mundo é, mas não é tão admirável quando pensamos que ele é. Hoje o mundo é separado entre duas coisas. Quem tem respeito e ajuda o meio ambiente e as pessoas que não tem respeito e não ajuda o meio ambiente.
Tudo no mundo hoje tem seu lado bom e seu lado ruim, não podemos falar que o mundo é admirável, se não olhamos os dos lados da moeda.
Hoje o próprio ser humano destrói, mata o próprio lugar onde vive o mundo. Quando falamos dos seres humanos, pensamos só nas coisas boas que ele fez,mas não prestamos atenção no que ele fez de ruim para o nosso planeta,para o mundo.
Quando passamos por momentos bons, de alegria, de felicidade, logo nos vem a cabeça: "O mundo é ótimo,admirável pra quem o observa,mas no mundo não existe apenas momentos de felicidade,de alegria, mas há também os momentos ruins,de tristeza que infelizmente temos que passar."
Então resumindo tudo isso se pode pensar que o mundo é sim admirável, mas nem tanto quanto pensamos que ele seja. Não adianta apenas falar de tudo mais tudo de bom que nele e não falar das coisas ruins que há, Não podemos apenas olhar um lado da moeda (O lado bom),porque precisamos ver principalmente o outro lado da moeda(O lado ruim).Mas temos que ver principalmente a realidade que passa não só em uma parte, mas sim em todas as partes do mundo.
Então o mundo pode sim ser admirável, mas nem tanto quanto pensamos.

Pedro Caus

sábado, 20 de agosto de 2011

Ganhei uma jóia rara hoje!


Agora eu entendi o que é ser servo e o que é diminuir para que Jesus cresça em mim.
Agora eu sei o valor de ser amigo de Jesus!
Não são as minhas realizações que importam,
Não são as minhas conquistas que merecem aplausos
Não sou eu, mas nós!
É Jesus quem merece honra
É Jesus quem merece louvor
Agora eu entendo e agradeço a ti, Espírito Santo, por me fazer compreender e VIVER a palavra de Deus!

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

O plano de Deus se revela quando menos esperamos.

Quero compartilhar alguns fatos que vivi e estou vivendo nestes últimos meses. Sou convertida há pouco mais de 6 meses, me batizei em Fevereiro deste ano. E fui avisada de que poderia sofrer alguns “ataques’ do inimigo.
Me lembro da Priscila nos alertando e comunicando sofre o jejum e oração que a equipe de Integração faria na semana que antecederia ao batismo. E para avisarmos à ela sobre qualquer problema naqueles dias.
A semana correu perfeita, sem problema algum e eu fiquei feliz, pois o inimigo não conseguira nos impedir de nascermos para uma nova vida.
Tudo foi muito bem até que em 28/04/2011 (2 meses e meio após o batismo) sofri um terrível assalto, onde jovens rapazes levaram tudo o que eu tinha dentro do nosso carro, inclusive o carro. E esse tudo compreendia: bolsa com documentos, celulares, chaves, vários itens de bolsa de mulher que passa o dia todo fora de casa – dá pra imaginar que não é pouca coisa, roupas, material da faculdade – de 3 disciplinas que tinha as 5ªs feiras. Enfim, uma perda material muito grande, mas não irreparável, pois EU fiquei viva (e, olha que por 3 vezes achei que o assaltante dispararia o revolver em minha cabeça).
O inimigo enfim conseguiu me atacar, mas Deus o impediu de um extermínio total. E ai pude compreender o quanto ele luta por vidas que ela tinha como ganhas para o seu principado.
Cheguei a conclusão de que ele não acreditava que eu realmente tivesse me libertado de suas garras. Que eu deveria estar ‘empolgada’ com essa coisa nova de nascer de novo, ser liberta pelo sangue de Jesus, e ser filha de um Pai que ama, cuida, protege todos os seus filhos. Quando ele viu que não era ‘fogo em palha’, resolveu me surpreender e me testar.
Durante a 1ª semana após o assalto fiquei muito mal, cometi muitas murmurações, não conseguia dormir, pois à todo tempo me vinha a mente a cena do assalto, ouvia a voz do assaltante... Mas pela graça e misericórdia de Deus, pela intercessão de tantas orações de tantos irmãos, me libertei de tudo isso.
E comecei a tentar recuperar, repor os itens que havia perdido e que eram possíveis de se reporem. Os documentos, cartões, anotações e textos das aulas, telefone, necessaire com itens de maquiagem, higiene pessoal, chaves, estojo e outros. Enfim, continuei vivendo e acreditando mais no poder e graça de Deus.
Dentre os itens da faculdade, eu perdi todas as anotações de estágio (aproximadamente um total de 25 horas de observação) que teria que tê-las para montar o relatório final da disciplina de Gestão da Educação Infantil.  E isso refletiu-se no inicio de junho, quando tive que entregar o relatório final, pois aqueles papéis rabiscados seriam meu “Diário de Campo” e também tinha que ser entregue anexo ao relatório final para a orientadora da disciplina.
A professora foi muito compreensiva, me garantiu que a minha nota não seria prejudicada pelo meu “Diário de Campo” estar incompleto. Mas para eu escrever o relatório as anotações eram extremamente importantes, um apoio de memória mesmo. Com o apoio de Deus, consegui me lembrar de muitas coisas, escrever o relatório, entregar no prazo estabelecido. Ufa! 1ª vitória.
A 2ª vitória veio quando a professora entregou as notas e eu obtive a nota máxima no relatório (e na média final também). Glória a Deus.
E já estava mais do que satisfeita e grata a Deus por tudo isso, e assim vieram as férias de julho. Um prazer abençoado por ficar mais tempos com minha família, fazer as coisas sem correr tanto, dormir algumas horas a mais, frequentar às reuniões de célula, enfim... FÉRIAS!
Esta semana que se passou foi última de descanso, então comecei a arrumar as coisas pra iniciar mais um semestre de estudos, acessar o site da faculdade pra confirmar as disciplinas que cursarei. Então vejo que no final de agosto acontecerá o Seminário da Faculdade de Educação e obrigatoriamente temos que nos inscrever em palestras que ocorrem durante o horário de aula normal. Fiz tudo o que tinha que fazer, as opções de cursos e palestras, tudo certinho.
Na 3ª feira vejo um email da orientadora do estágio. Abro e me surpreendo mais uma vez: ela estava me convidando a expor meu relatório de estágio durante o Seminário de Educação! Aquele mesmo relatório que em algum momento de desespero imaginei que não conseguiria entregá-lo. Uhulll... 3ª vitória!!!!
Isso pra mim foi uma vitória em Cristo muito grande. Fiquei realmente muito agradecida por Deus estar se mostrando presente em todo o tempo. Pois estar cursando uma faculdade a essa altura da minha vida, quem convive bem próximo à mim, sabe que é além da realização de um sonho antigo, é também uma demonstração de que tudo acontece realmente no tempo de Deus.
Ele já havia planejado que o tempo de eu cursar uma faculdade seria agora bem depois dos 30 anos de idade e não aos 16 quando saí do Colegial.
Ele determinou que seria Pedagogia o curso a me formar, e sabia da minha relutância por essa profissão e formação acadêmica.
Ele também permitiu que eu sentisse a Sua graça e misericórdia nos momentos de aflição. Não para me testar, mas para que eu passasse a escutá-lo mais e não me assustasse com as tempestades.
Ele me auxiliou a escrever, estudar, apresentar os trabalhos da faculdade e receber as melhores notas. E como aprendemos com Ele, também temos que compartilhar tudo que recebemos, ganhamos Dele. A Sua palavra sobretudo.
Enfim, Ele está no comando da minha vida e da vida da minha família. Além de feliz, sou eternamente grata pelo amor de Deus. E sei que cada vez mais Ele me conduzirá para poder levar a Sua palavra através dos meus estudos e do meu trabalho com educadora.

Lucilene Mattoso

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Vamos Voar?

Sabe, tenho escutado muito a uma musica chamada ‘Fly – Jason Upton.’ E comecei a procurar mais sobre ela. Tentar fazer uma análise, e tudo mais. Por ser uma musica espontânea, a letra dela é longa, mas, para mim, as musicas espontâneas são as *“The Best’s”.
  No momento de gravação, só o vocalista cantava, mas, depois de gravada, foram detectados anjos cantando, como sons de trombetas ao fundo, no ritmo e melodia da música. É tipo, O CARA CANTOU COM ANJOS!!! Ele cantou com anjos, e tem pessoas que não acreditam em Deus!
  Mas, certamente, ele passou por essa experiência, porque se entregou totalmente a Deus. Olha quantas coisas acontecem quando nos entregamos á Deus!
  Logo na primeira estrofe, a música fala de novos ares, novas coisas. “Precisamos de novos tempos”,  precisamos de novos atos, de tempos ABENÇOADOS.
  Logo após, vêm as seguintes perguntas : “O que você está fazendo? Aonde você está indo?” Deus quer te dar ASAS para voar! Mas, O QUE você está fazendo? Está fazendo as coisas certas?? Está indo na direção certa??
  “Deus está te dando asas”, mas, o que te IMPEDE de voar?? O que te traz MEDO de cair?? Você pode ter um testemunho maravilhoso, como o de Pedro andando sobre as águas, se você se libertar. Pedro afundou, sim, afundou. MAS ELE ANDOU SOBRE AS ÁGUAS. Quer voar?? Você pode voar, ESQUEÇA o fato da queda. Muitas pessoas têm medo de fazer algo, por medo de cair. Mas, se você CONSEGUE voar, ou andar sobre as águas, você tem FÉ pra continuar.
  Esqueça dos seus medos! LIBERTE-SE!! Se tem fé em Deus, se entrega todos os seus medos para Deus, e mantém o FOCO n’Ele, Ele não te deixará cair.
  Então, vamos voar?

* The Best's = AS Melhores

Autora: Gi Mattoso

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Despedida


Minha mãe me falou várias vezes, me alertou com o jeito doce e discreto dela, não me obrigando, mas me dando um toque. Eu percebi que aquele aviso era sério e que deveria ouvir o conselho dela e agir rápido.
Mas...
Fui pra casa, esqueci o assunto, em alguns momentos do dia ou da semana relembrava, mas fui trabalhar. Cuidar do meu filho, fui pra igreja, fui descansar e não fui visitar uma pessoa tão especial e amada.
Minha mãe me avisou que ele estava doente e que perguntava por mim... eu senti que deveria ir vê-lo e relembrar os velhos tempos, e ouvir as história de quando ele era mais jovem e eu uma criança.
Agora, hoje, recebo a notícia que ele já não faz mais parte deste mundo, disse um adeus silencioso, da mesma forma que viveu: simples, amável, leal, sincero, amigo, um homem honesto, assim ele se foi. E eu não fui vê-lo...
Isso não é uma homenagem, não é um sermão, nem chega perto de uma cobrança.
Isso é o que meu coração está sentindo agora, esta vivendo, sofrendo, silencioso, tentando reprimir a angústia, o arrependimento.
Mas, Ele não pode fazer isso, precisa se derramar, chorar, clamar pelo perdão do Pai, esse é o meu coração.
E para deixar registrado, marcado, eu falo: Seu Aparecido, obrigada pelo amor, pelo carinho, por tudo que me ensinou e por se lembrar de mim!

02 de agosto de 2011

Lara Cristina de Medeiros Belette

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Poema!

Esse poema eu escrevi para a Lucimara há um ano. Foi escrito em meio as lágrimas num momento muito difícil para ela e para todos que a amam!
Espero que gostem:


Quando a noite passar, e as lágrimas cessarem
Eu estarei aqui
Quando o sol nascer, e aurora aparecer
Eu estarei aqui
Quando o sorriso tocar o seu coração
E cantar de alegria
Quando o milagre chegar, a voz do Senhor sussurrar
Eu estarei aqui
Para ouvir as batidas do seu coração
Eu estarei aqui para cantar uma nova canção!

Lara Medeiros Belette

terça-feira, 26 de julho de 2011

Velhos textos!!!!

Quando escrevo é como se estivesse cantando, tocando, quando começo a procurar palavras para decifrar cada ato, acontecimento, sentimento, imagino um vento suave trazendo as palavras uma a uma, e aos poucos compondo uma música. Uma música que precisa de algumas concordâncias nominais e verbais, alguns arranjos, uma melodia perfeita. Que quando alguém ler entenderá o que o coração quis falar. A virgula colocada na hora certa no lugar certo, o ponto para dizer este pensamento esta concluído, mas no próximo parágrafo te chamo a pensar sobre este. Um porquê, e outros para as explicações.
            Preciso te falar, falar para ninguém, mas preciso decifrar meu coração e só escrevendo é que consigo solucionar este enigma. Preciso escrever, falar, conversar, perguntar e dizer o que ouvi, relatar o que vi. Preciso de uma vida de palavras e descobertas. Preciso de uma vida de perguntas e respostas...
            Neste mar de letras que preciso formar palavras, frases, parágrafos; estou mergulhada. Em alguns instantes parece que não vou conseguir sair, em outros, logo vejo uma palavra se formando como uma vida nascendo, e vou descobrindo um texto, um livro e que preciso escreve-lo para que todos o descubram também.
            Quero mergulhar neste mar e compor minha música para que todos a toquem, num som rítmico da leitura.

2007

Novo layout e novo logo!

Galera a Torre está com cara nova e essa torre precisa agradecer a um artista muito especial que com muito carinho deu um charme pra ela. Ele é o Luís!
Obrigada! Para te agradecer com estilo de Torre de Palavras ai vai um poeminha.

Penso, vejo, sinto
imagino, crio  e invento
cores, formas e imagens
todos juntos num só lugar
mas com um toque especial
Um toque de artista

É isso aí! Espero que gostem desse novo visual! Beijos

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Por que os livros fazem parte da sua vida?


Esses livros que são companheiros desde infância fazem parte da minha vida pela alegria que me proporciona, pelas emoções que me despertam, pela vida que faz florescer toda vez que leio um livro. Das histórias infantis aos romances de Machado, vou descobrindo um mundo novo, vou encontrando o meu legado e logo quero passar adiante, relatando emoções vividas e descobertas.
Eles são companheiros, amigos, conselheiros, comediantes e poetas. Encanta-me ter um ao lado, meu dia é diferente, mais leve e contente com um livro por perto, algumas páginas lidas, uma viagem maravilhosa!

Lara Cristina de Medeiros Belette

sábado, 23 de julho de 2011

“O AMOR DE DEUS ME ALCANÇOU!” última parte

Lara e Angélica: amiga do coração!
Alguns meses se passaram eu fui participar pela primeira vez de um Encontro de Mulheres, não me recordo a data exata (acho que o ano foi 2005, no Philadelphia), mas lembro-me das pastoras que vieram ministrar para as mulheres: Pra Velma e Pra Lígia. Logo pela manhã, em uma das ministrações lembro-me da oração que fiz: “Senhor, não quero mais este sentimento dentro de mim, se não for ele a pessoa que tens pra mim, peço que me livre definitivamente deste sentimento, se for, que o Senhor o traga para perto, para servirmos juntos a Ti”. Quase que fisicamente, como alguém que toca em você, eu senti o toque de Deus, instantaneamente, aquele sentimento sumiu. Uma irmã se achegou a mim e disse-me: “Eis que se farão novas todas as coisas.”

Meu interior jamais foi o mesmo após aquele dia! Outras curas vieram sobre mim no caminhar com o Senhor, tantas feridas saradas, pensamentos transformados, mudanças interiores que nem eu mesma um dia imaginei vivenciar. Como nosso Deus é misericordioso, Ele fez tudo isso com o mais sublime amor, a cada fase, eu via o Senhor agir em mim de uma forma tão especial, delicadamente. Como este amor transformou e tem transformado a minha vida! Amor que não me julgou, não me condenou, levou-me ao arrependimento e tirou-me a vergonha do pecado. Sei que sem o toque profundo de Deus em minh’alma, eu jamais conseguiria prosseguir. Jamais teria um novo sonho, uma nova alegria, por mais que eu me realizasse sentimentalmente, profissionalmente, eu jamais seria quem sou hoje em Deus. Também sei que a “obra que Ele começou em mim, não terminou, e suas promessas não tem fim”. Espero pelas promessas que ainda serão cumpridas, pelas palavras liberadas; creio que viverei o verdadeiro sonho que Deus planejou. Sonhos que são legítimos para experimentar em vida e os que serão vividos após ela.
Espero ansiosamente o dia em que serei abraçada pelo meu Jesus, este será o abraço de amor que tanto ansiei por toda minha vida, o abraço que homem nenhum pode me dar. Ah, como anseio este abraço!

Jesus,
Meu amigo, companheiro, amado da minh’alma,
obrigada por me amar, quando ninguém mais me amou.
Angélica Avelar

sexta-feira, 22 de julho de 2011

“O AMOR DE DEUS ME ALCANÇOU!” parte 3

Alexia, filha da Angélica! Lindas!

Durante os seis primeiros meses de gestação, eu praticamente só vomitei! Mas a gestação em si foi tranquila, após o sexto mês os enjôos passaram e lembro-me de ter ido à escola até um dia antes do bebê nascer.
Lembro-me da consulta onde pude ouvir pela 1ª vez o coraçãozinho do bebê, da mistura de sentimentos que senti, estava feliz, mas ao mesmo tempo angustiada. Lembro-me também do dia em que fiz a primeira ultrasson, logo soube o sexo do bebê: uma menina! Lembro-me do dia da internação, do hospital, de quem estava lá comigo, da anestesia (para mim foi o pior de tudo, pois não senti nada depois, não senti dores da cesariana, apenas uma pequena infecção em um dos pontos, que logo cicatrizou).

Tantas coisas foram acontecendo durante os nove meses que resolvi ficar na casa dos meus pais quando o bebê nascesse, e foi o que fiz. Depois de algum tempo, percebi que estava sempre sozinha, cuidando de um bebê. Eu tentava a qualquer custo realizar o sonho de me casar, de sermos uma família, mas isso não aconteceu. Depois de dois anos o relacionamento afetivo já não era o mesmo, várias coisas aconteciam e eu fui ficando cada vez mais sem esperança, entre muitas idas e vindas, mágoas, traições, terminamos o relacionamento. Isso doeu muito em mim, pois eu o amava, eu deseja de todo coração estar com ele. Quanto sofrimento, quanta dor, quanto choro...eu deixei de sonhar, deixei de me amar. O que me ajudou a ser forte foi aquele pequenino ser, que, mesmo sem entender, sem nada saber, me deu tanta força! Foi o que não me deixou cair.
Em uma dessas idas e vindas, eu fui levada por ele a uma igreja evangélica (até então eu nunca soube que ele algum dia freqüentou uma igreja). Lá, aceitei ao Senhor e depois de algum tempo, me batizei. Não tinha muito entendimento e o que fiz foram correntes e mais correntes de libertação, eu queria a qualquer custo a restauração do nosso relacionamento, mas não entendia a perfeita vontade de Deus. Nesse período, eu trabalhava no centro da cidade e fui transferida, a meu pedido, para trabalhar em outra loja, da mesma rede, só que no shopping Iguatemi. Mudei de horário de trabalho e isso dificultou a minha ida à igreja, como não tinha compromissos na igreja e o meu foco era apenas o relacionamento restaurado, não senti falta, no início. Eu sentia um enorme vazio e o tentava preencher me envolvendo com outras pessoas, eu queria ser amada, desejada, cuidada. Tive outros relacionamentos, mas ainda estava emocionalmente e fisicamente ligada aquele meu 1º namorado. Ele era a pessoa que realmente importava para mim. Eu não media esforços para estar perto dele, e isso facilitava para que me procurasse e eu não me importava se seria um momento, eu queria estar com ele.

Depois de alguns anos, algo começou a mudar dentro de mim. Comecei a sentir a necessidade de voltar a freqüentar uma igreja, e sempre orava para Deus preparar um lugar, mas precisava mudar a direção da minha vida. Trabalhava até as 10:00 hrs da noite de segunda a sábado e aos domingos até as 20:00 hrs, estava cansada, sem perspectivas e esperanças. Foi quando decidi mudar de profissão, voltar a trabalhar em horário comercial e mudar de emprego. Deus já sabia para onde eu iria e como Ele faria para me chamar pra perto. Eu nem imaginava que através da minha filha, eu voltaria aos caminhos do Senhor. Por eu trabalhar ainda no horário entre a tarde e a noite, ela ficava com uma amiga minha, que a levou na igreja. Desta vez, Deus estava preparando um novo caminho para eu andar. Lembro-me que no primeiro domingo que eu estava livre de trabalho, eu fui com aquela família e minha filha (na época, ela estava com uns oito anos de idade, eu acho) na CEC e aceitei o apelo naquele dia, decidi andar definitivamente nos caminhos do Senhor. Lembro-me da oração que fiz ainda na cadeira onde estava sentada: “Senhor, não quero mais viver neste sofrimento, quero te conhecer verdadeiramente e fazer a tua vontade”. Então fui à frente para selar meu compromisso com Deus e receber oração.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

“O AMOR DE DEUS ME ALCANÇOU!” parte 2


Não tive tempo para receber as respostas que precisava; logo vieram os enjôos e minha mãe logo percebeu e eu teria que falar a verdade. Contei a ela que havia ido ao posto de saúde fazer exame de urina e aguardava o resultado que sairia dali a uma semana. Ela achou melhor nem esperar, marcou uma consulta com uma ginecologista para logo termos a certeza de que se tratava mesmo de gravidez. Ainda lembro-me da 1ª consulta, o consultório ficava próximo a Av. Orosimbo Maia e teríamos que tomar um ônibus que passava próximo, indo do bairro onde morava até lá. Desastre! Passei mal o trajeto todo e logo quando estava perto de onde deveríamos descer, chamei o “Juca” (rsrsrrss). Cheguei ao consultório cheirando vômito, que vergonha!
Aguardamos um pouco na sala de espera, onde a enfermeira me pesou, mediu minha pressão arterial e anotou tudo. Logo, a médica chamou e muito atenciosa, me fez algumas perguntas e me examinou. Resultado: 06 semanas de gravidez, sem dúvidas.
Sai do consultório com meu cartão de pré-natal e preparada para a próxima consulta. O pior seria ter que enfrentar meu pai quando chegasse em casa, ele já não gostava muito do fato de ter começado a namorar cedo demais e isso só pioraria as coisas, mas não tinha como evitar, teríamos que dar a notícia a ele. Minha mãe, sempre tão amável, se encarregou disso. Desde esse dia até o nascimento do bebê, ele não falou uma palavra se quer comigo; só depois de muito tempo, pude compreender sua atitude, de como eu o havia decepcionado e de como os pais sempre sabem das coisas, de como eles tem uma sabedoria para enxergar o futuro de uma situação...

Nesta época, eu cursava a 8ª série e por conta de tantos sentimentos misturados dentro de mim, eu quis desistir da escola. Nos primeiros quinze dias após a confirmação da gravidez, eu não sentia vontade de participar das aulas e então minha mãe foi até lá para explicar a situação... Lembro-me de alguns amigos de classe e uma querida professora (Ângela) que fizeram toda a diferença em minha vida, que não me deixaram desistir dos estudos. Até hoje me lembro do dia em que foram em casa para me animar e me fazerem voltar às aulas! Depois que o bebê nasceu, estes mesmos amigos levavam as matérias e trabalhos para eu fazer em casa, pois o ano letivo estava terminando e eu perderia o ano todo por conta de não poder ir às aulas. Eu digo que eles me mimaram muito! (rsrsrs)

quarta-feira, 20 de julho de 2011

“O AMOR DE DEUS ME ALCANÇOU!” parte 1

Como escrever sobre um amor tão grande, tão sincero, tão incondicional...
Talvez seja melhor escrever sobre como este amor me alcançou, e vou começar a contar sobre minha vida antes de Jesus. Não me recordo muito sobre minha infância, mas da adolescência que não pude aproveitar lembro-me bem...

Meus pais sempre trabalharam muito e nós ficávamos sozinhas em casa (eu e minhas duas irmãs mais velhas), quando crianças, brincávamos juntas, mas também brigávamos muito (rsrss). Eu quase não brinquei com elas, pela diferença de idade, eu me identificava mais com minhas colegas da rua, e com duas irmãs Andressa e Vanessa que eram as minhas amigas preferidas; lembro-me de passar horas e horas na casa delas e até finais de semana (isso porque morávamos apenas a alguns metros de distância). Seus pais eram como pais para mim, eu amava estar junto daquela família. Mantivemos contato até meus 11, 12 anos enquanto estudávamos juntas e até seus pais se separarem e elas mudarem para outra cidade...
Nesta época, minha mãe me colocou em aulas de jazz (eu amava dançar!), fiz aulas por um bom tempo, acho que desde meus 11 anos até os 16. Foi aí que minha vida virou de pernas pro ar...
Quando eu tinha 13 anos, conheci um garoto (ele tinha 16 anos). Eu o conheci através dos eventos de dança em que participávamos, eu com o grupo de jazz, ele com um grupo de dança de rua. Morávamos no mesmo bairro; estávamos quase sempre nos mesmos lugares por conta dos eventos e acabamos por conhecer as mesmas pessoas...
Isso fez com que nos aproximássemos, confesso que quando o vi pela primeira vez, a impressão que tive foi de uma pessoa muito auto suficiente, intocável, aquela pessoa que te olha por cima sabe? Mesmo assim, nos conhecemos. Durante algum tempo, fui experimentando o “ficar” com ele. Eu com ele, e ele comigo e com outras...inclusive com as que se diziam minhas amigas na época. Quando eu fiz 15 anos, ele “resolveu” namorar comigo, era tudo o que eu queria! Não havia nada mais importante pra mim do que namorar com ele. E o que era inocente, começou a ficar sério demais, tão sério que com meus 16 anos engravidei. Eu era praticamente uma menina, e tantos sentimentos vieram sobre mim: dor, angústia, vergonha , medo...Quanta incerteza e insegurança!
 Como poderíamos nos casar? Onde iríamos morar? Como eu cuidaria de um bebê? E se ele desistisse de mim? E meus pais? O que eles iriam dizer? E as pessoas, o que iriam pensar de mim?

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Fé na Proteção - Não temerei

Sabe, nos últimos tempos, vêm vindo tantas tribulações, de tantos lados, que, cheguei a um ponto, em que achava que não podia mais tirar forças de mim. Estava desesperada, falava "Deus, cadê o Senhor que me diz que sempre estará do meu lado? Qual é a dessas pessoas que ficam me jogando no chão??"
 Chegava nas reuniões, me entregava mesmo, mas, eu me envergonhava tanto por ter uma fé tão pequena,  pedia perdão, clamava pra Deus se mostrar ao meu lado, mas o Diabo estava conseguindo me derrubar. Até que uma amiga minha me disse: "Gica! VOCÊ VAI SER QUE NEM PEDRO!?!? Ele tava andando sobre as águas com Jesus,   MAS COMEÇOU A AFUNDAR! Para com isso, esquece seus problemas, deixa com Deus e espera." (por isso que a amizade é tão importante,  ela te traz pra realidade). Beleza,  levei um OREXÊ* da minha amiga.
 A semana passou, e eu nos altos e baixos,   chorava durante as orações, falando : "DEUS!! me ajuda!!". o engraçado, é que a Lara tinha dito sobre o Salmo 91, e eu falei que ia ler com mais atenção, só que acabei esquecendo o endereço,   e na sexta que eu fui prestar atenção.
 No sábado, minha cabeça tava pesada,  estress da semana inteira, correria, cansaço, sono, coisa em casa... Na oração inicial da reunião FDL eu já não aguentei e fui pro meu cantinho da igreja (quando quero orar sem ninguém pra atrapalhar, vou pra lá, todo mundo passa por lá, mas é muito gostoso, é como se ninguém me vice), nisso eu tava chorando litros e litros, e falando pra mim mesma: "Eu não vou ficar assim, não posso ficar assim! Como Deus vai operar em mim quando eu só me lamento??" 
 As meninas vieram orar comigo sobre nossos projetos, depois uma delas ficou, e orou comigo. Depois dessa, eu tive a certeza de que eu não podia ficar ali. Voltei pra perto da galera, e quando olhei pro lado,   minha líder estava lá,  ai acabo com tudo,  abracei ela, e lá eu fiquei, eu chorava, chorava, e ela orou comigo, uma alegria tomou conta de mim, começou a tocar uma música que a gente sempre dança, e dessa vez não foi diferente, dançamos,   eu dancei com o olho cheio de lágrima ainda, mas, tava ali pra Deus, é o que importa.
 Depois, a palavra tocou nisso, e eu conversei com a minha líder, e falei: "Agora estou livre, o Diabo não me derruba mais."
 Então, o Salmo 91 me ajuda quando o Diabo tenta me derrubar. "Aquele que habita no abrigo do Altíssimo e descansa à sombra do Todo-Poderoso pode dizer ao Senhor: Tu és o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio. Ele o livrará do laço do caçador e do veneno mortal. Ele o cobrirá com as suas penas, e sob as suas asas você encontrará refúgio; a fidelidade dele será o seu escudo protetor. Você não temerá o pavor da noite, nem a flecha que voa de dia, nem a peste que se move sorrateira nas trevas, nem a praga que devasta ao meio-dia. Mil poderão cair ao seu lado, dez mil à sua direita, mas nada o atingirá. Você simplesmente olhará, e verá o castigo dos ímpios. Se você fizer do Altíssimo o seu refúgio, nenhum mal o atingirá, desgraça alguma chegará à sua tenda. Porque a seus anjos ele dará ordens a seu respeito, para que o protejam em todos os seus caminhos; com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em alguma pedra. Você pisará o leão e a cobra; pisoteará o leão forte e a serpente. "Porque ele me ama, eu o resgatarei; eu o protegerei, pois conhece o meu nome. Ele clamará a mim, e eu lhe darei resposta, e na adversidade estarei com ele; vou livrá-lo e cobri-lo de honra. Vida longa eu lhe darei, e lhe mostrarei a minha salvação. "
 Você pode estar desviado, pode não ser crente, ou ser crente e estar passando por tribulações, ou não, mas NUNCA se esqueça, que o Senhor te traz proteção. Que SOMENTE Ele pode te trazer segurança, felicidade, e amor sem limites!  Ele perdoa, Ele ensina, Ele ama, Ele cuida, Ele clama por nós, Ele quer ter comunhão com nós. E mesmo que muitas vezes nós o deixemos em segundo plano, se nos arrependermos, ele sempre estará de braços abertos, e sempre nos protegerá do mundo.






* Orexe - receber uma correção que vem de Deus! rsrsrsr